Capas_artigos_Linkedin_(15)

Oratória: como preparar seu discurso

Picture of Fala Company

Fala Company

11 de julho de 2023

COMPARTILHE

O que você entende por oratória?

Muita gente pensa que oratória é apenas aplicada na hora de fazer uma apresentação. E isso está longe de ser verdade. A oratória é o desenvolvimento da habilidade de se expressar em público, independente do tamanho do seu público e engajar a audiência.

É uma ferramenta poderosa para alcançar o objetivo de influenciar, entreter ou informar os interlocutores.

Pense, por exemplo, na sua empresa. Os seus colaboradores engajam mesmo numa apresentação interna? Sabem cativar o time? E sua área comercial: se prepara para reuniões, define outputs e ênfase?

Aqui na Fala, clientes nos procuram porque travam inclusive em reuniões internas. E não pelo inglês, pelo português mesmo. Como poderiam romper essa barreira e se sentirem autoconfiantes?

Vamos para as premissas básicas da oratória presencial? Em breve faremos um artigo somente sobre a oratória online para ajudar, principalmente, times que trabalham de forma híbrida ou online o que é muito comum em empresas de TI.

Elementos essenciais de uma boa oratória:

Sorriso e simpatia são fundamentais para oratória

Uma boa pitada de simpatia e carisma cria um bom ambiente e também mais receptivo para o que você tem a falar. Afinal, ninguém quer um interlocutor sério demais, de cara fechada

Definição de output

O que você deseja alcançar com sua apresentação? O que você deseja que o cliente faça no final? Que ação você busca? Isso vai orientar seu discurso desde o começo

Preparação do conteúdo

Há sempre muito a se falar da sua empresa, mas….a apresentação não é sobre você e sim sobre o outro. Portanto, quais são os pontos principais que você quer destacar?

Uma orientação que sempre damos a quem faz treinamento conosco é utilizar todos os números possíveis dentro da trajetória: 30 anos de existência, mais de 1500 alunos, aceleração do conhecimento em 20%, NPS de 9.7, nível médio de frequência dos alunos 80% e por aí vai. Números convencem por si só e, normalmente, são lembrados pela outra parte.

Além disso, fale de conquistas: prêmios, reconhecimentos, seus clientes (e o orgulho que você tem), cite dados sobre ESG da sua empresa se vocês os tiver.

Mas para chegar a esse nível de fala, a oratória conta com uma série de técnicas e regras adequadas, capazes de qualificar a pessoa que fala, tornando-a uma excelente oradora.

Utilização da ferramenta 5W2Hs

Pergunte, questione, utilize questões abertas usando a ferramenta 5W2Hs.

É importante engajar seu interlocutor e por isso, mais importante do que falar, é questionar e ouvir – a tal da escuta ativa!

PNL – fundamental para a construção da mensagem

Você conhece PNL (programação neurolinguística) e sabe como usar a seu favor na oratória? Vamos pincelar apenas os principais pontos de PNL.

Grande parte da população brasileira é mais visual quando se aplica o teste de PNL. O que significa? Usar elementos visuais na conversa, mesmo que rápida ajuda a fixar o conteúdo. Já ouvimos tantas histórias de pessoas que apresentam planilhas e não entendem como os processos emperram. Ou pessoas que não preparam a apresentação e se ressentem do feedback posterior do cliente.

Agora vamos ver algumas palavras que traduzem como você pensa e quem você. Muito cuidado no uso.

Tentar – No nosso vocabulário de Falantes, essa palavra é proibida. Quando alguém utiliza tentar, significa que acredita que tem uma boa oportunidade de fracasso. Por isso, não tente com seu público, nem peça ao seu público para tentar, peça para fazer.

Mas e outras conjunções adversativas – Atenção na frase: ela é ótima, mas precisa ainda melhorar muito. Será que a pessoa realmente pensa que é ótima…ou depois do mas? Pois é, quando usamos mas, o que realmente passa na nossa mente e o que é mais importante é o que vem depois da palavra. Por isso, para não quebrar o seu raciocínio e colocar o interlocutor em dúvida, evite usar “mas”.

Difícil – Já conseguiu medir o peso da palavra “difícil”? Pesadíssimo! Por isso utilizamos a palavra “desafiador” no lugar. Enquanto algo for difícil, você se coloca na posição de negar a possibilidade de resolver e fazer. Por outro lado, dificuldade se transforma em desafio e oportunidade. Desafio e desafiador te inspira e motiva a melhorar e o difícil pesa.

O tema de oratória é extremamente rico e adoramos falar sobre ele e trabalhar no nosso dia a dia inclusive. Você gostou do nosso artigo? Fez sentido para você?

Como você poderia melhorar sua oratória a partir de agora?

Liderança feminina: a importância das mulheres em cargos de liderança

Team building: conceitos e como aplicar na sua empresa

Ações para sua empresa realizar no outubro rosa e novembro azul

Como utilizar o LinkedIn para impulsionar suas Vendas?

Transforme inteligência emocional em inteligência relacional

Como criar uma cultura de elogio e gratidão na sua empresa?