Capas_artigos_Linkedin_(11)

Como mensurar o ROI em treinamentos?

Picture of Fala Company

Fala Company

11 de julho de 2023

COMPARTILHE

Hoje falaremos sobre como mensurar o ROI em treinamentos corporativos.

Sempre que falamos em treinamentos, você precisa ter em mente a seguinte pergunta:

Qual impacto tal treinamento trará para minha empresa?

Segundo uma pesquisa feita publicada pelo Panorama de Treinamentos no Brasil 2020/2021, realizada pela ABTD – Associação Brasileira de Treinamentos de Desenvolvimento, cerca de 69% das empresas utilizam indicadores de reação, no entanto apenas 9% delas medem os resultados e o impacto dos treinamentos.

Impacto é a palavra-chave mais importante de hoje. Existem treinamentos que impactarão diretamente a empresa e outros que não chegarão a entregar o benefício esperado. Mas como medir? Como estabelecer a taxa de sucesso ou o ROI sobre o treinamento?

Quais indicadores de treinamento e desenvolvimento aplicar no ROI?

Taxa de aplicação do aprendizado

Primeiro, é importante definir as bases para análise. Cada área deve utilizar seus próprios parâmetros. Exemplo: na produção, o tempo de execução ou a qualidade; no comercial, o atingimento de metas ou o aumento de vendas, e assim por diante. Depois, calcula-se o percentual de melhoria em relação aos dados anteriores à capacitação.

Taxa de adesão

O engajamento e a participação da equipe no treinamento são o primeiro passo para gerar efeitos positivos. Exemplo: em treinamentos online, verifique a % de pessoas que ligaram a câmera – este é um indicador recomendável de sucesso.

Taxa de retenção

Para Coaching de Liderança, normalmente sugerimos utilizar a taxa de retenção de talentos, já que “chefes ruins” geram alto turnover e, com isso, altos custos de contratação e demissão e absenteísmo

Avaliação de satisfação

Prepare uma avaliação com QR Code para ser realizada logo ao fim do treinamento enquanto a memória está “fresca” e não se perderam os detalhes. Avaliações enviadas depois muitas vezes não recebem retorno.

Taxa de Abandono

Além da presença, é preciso saber quantos colaboradores desistiram no meio do caminho – especialmente em treinamentos mais longos. Essa métrica ajuda a saber se há problemas em questões como conteúdo e metodologia.

Média de aproveitamento geral

É a média da avaliação de aproveitamento, por exemplo, num Programa de Idiomas, de todos os participantes.

Média de aproveitamento individual

Avaliar o resultado de cada colaborador e a aplicação do conhecimento é fundamental para verificar a continuidade do treinamento.

Valor do investimento

Calcule o retorno do investimento em treinamentos por exemplo, sobre o resultado anterior da Pesquisa de Clima Organizacional. No caso de Programas de Liderança, avalie o absenteísmo, demissões, taxa de turnover. Mantenha os dados atualizados para efeito de comparação com o ano ou semestre anterior.

Por outra via, quando falamos de programas que causam impacto direto na empresa, como por exemplo, Programas de idioma de 2 anos de duração é muito importante que você saiba como fazer essa mensuração da forma correta. Afinal, um programa longo como esse tem um alto custo de investimento e o RH precisa avaliar os resultados financeiros para a empresa.

Por isso, apresentaremos a metodologia de avaliação criada por Donald Kirkpatrick, ex-presidente da American Society for Training and Development, que elaborou o Método da avaliação de treinamento em 4 níveis, sendo eles:

Avaliação da reação de quem aprende Como os participantes se sentem após o treinamento?

Avaliação do aprendizado

Os participantes adquiriram novo conhecimento e/ou mudaram a sua atitude após o treinamento?

Avaliação do comportamento

Os participantes aplicaram o conhecimento no dia a dia do seu trabalho mesmo após um longo período da finalização do treinamento?

Avaliação do resultado ROI

Quais foram os efeitos finais do treinamento em seu negócio, tais como aumento nas vendas, menor rotatividade dos funcionários, maior atratividade de talentos (Employer Branding), geração de negócios, melhor comunicação e mais interação entre países e culturas?

Como você pode perceber, é necessário, além dos 4 pontos do método Kirkpatrick, comparar o investimento com o e retorno, avaliando realmente os impactos positivos.

Só através de uma verificação minuciosa do ROI e dos KPIs, o RH conseguirá avaliar se o investimento vale a pena e apresentar os números para a gestão decidir sobre investimentos futuros.

Então, fica a pergunta: vale a pena avaliar o ROI dos treinamentos?

Liderança feminina: a importância das mulheres em cargos de liderança

Team building: conceitos e como aplicar na sua empresa

Ações para sua empresa realizar no outubro rosa e novembro azul

Como utilizar o LinkedIn para impulsionar suas Vendas?

Transforme inteligência emocional em inteligência relacional

Como criar uma cultura de elogio e gratidão na sua empresa?